Todo corretor passa por um momento em que as coisas parecem não dar certo. Nessas horas, é difícil manter a tranquilidade e continuar batalhando; muitas vezes a vontade é de simplesmente largar tudo. O que fazer nestes momentos? Uma boa solução é buscar inspiração na dificuldade de outros (seja real ou ficcional) e em como elas foram superadas.

Veja a seguir uma lista de 3 filmes que vão ajudar a lhe dar motivação e vontade de correr atrás dos seus objetivos.

Rocky, um Lutador (1976)

Este é um dos clássicos dos anos 70, que inclusive levou o Oscar de melhor filme no ano em que foi lançado. Esqueça a história do grande campeão dos pesos-pesados, que se cristalizou com os 5 filmes seguidos: o Rocky original fala sobre um boxeador medíocre que ganha uma oportunidade de ouro e se agarra a ela.

O filme conta a história Rocky, um lutador que se divide entre uma carreira mediana de lutador e os trabalhos de coletor para um agiota. Quando o oponente da Apolo Creed, campeão dos pesos-pesados, se machuca pouco antes da data da luta, ele decide dar a oportunidade para um lutador desconhecido. Rocky, apesar das dificuldades de estrutura (é clássica a cena em que treina socando carne num frigorífico), se dedica ao máximo e não faz feio frente ao badalado campeão.

A moral da história é que com dedicação e muita força de vontade é possível se superar e transpor quaisquer dificuldades. Apenas a música tema (Gonna Fly Now) é suficiente para fazer o mais desmotivado corretor sair por aí em busca de novos negócios.

O Escafandro e a Borboleta (2007)

O roteiro deste filme é baseado na autobiografia do bem-sucedido jornalista Jean-Dominique Bauby que, após sofrer um acidente vascular cerebral aos 43 anos, é acometido de uma rara síndrome que deixa seu corpo completamente paralisado. Ele tem total consciência sobre o que acontece a sua volta, mas só consegue movimentar o olho esquerdo.

O filme acompanha os pensamentos do jornalista e a recusa a se render à sua condição. Com a ajuda de uma terapeuta, ele escreve um livro (exatamente a autobiografia na qual a película se baseia) em que narra as reflexões sobre sua condição, seu passado e a vida.

O principal aspecto motivacional do filme é a questão de como, a partir de muito pouco, é possível alcançar grandes coisas. Quando estava numa das piores condições possíveis, o protagonista escreve um livro utilizando uma linguagem difícil e exaustiva. A lição é: na maioria das vezes, nossos limites são autoimpostos; com motivação e muito trabalho tudo pode ser superado.

À Procura da Felicidade (2006)

Também baseado em fatos reais, À Procura da Felicidade conta a história do esforçado vendedor Chris Gardner que, após uma empreitada malsucedida, decide dar um novo rumo à sua vida. Com muita insistência, ele consegue uma vaga de estagiário numa grande corretora de ações, mas o trabalho não é remunerado, o que gera enormes dificuldades financeiras para ele e seu filho.

O filme fala da importância da persistência. Boa parte dos 117 minutos de filme mostra os fracassos do protagonista, que vão desde a fome até ser obrigado, por falta de dinheiro, a dormir com o filho numa estação de metrô. Nada disso o impede de confiar em seu talento, trabalhar muito e correr atrás de conquistas maiores na vida. O céu é o limite para os que não desistem.

Assita e vá a luta!

Estes três filmes são verdadeiras injeções de ânimo. Eles mostram três protagonistas que superaram adversidades, agarraram as oportunidades que tiveram e se recusaram a desistir. Quando assisti-los pense nos seus próprios problemas no dia a dia e veja que, muitas vezes, a principal barreira é criada por nós mesmos. Os que vencem não são os que têm sorte ou talento descomunal, mas aqueles que realmente batalham.

E, o mais importante: após assisti-los, levante da cadeira e coloque a mão na massa! Milhões de clientes e bons negócios estão esperando por aqueles que persistem.

Para saber mais sobre o BemDireto siga por aqui e confira como captar clientes reais e fazer parcerias rentáveis.

Comente aqui