Se você oferece algum serviço – como a corretagem, por exemplo – e já procurou os meios como poderia anunciá-lo na internet, com certeza já ouviu falar no Google AdWords. Esse canal de divulgação se trata de um sistema de links patrocinados, validado pelo maior motor de buscas da grande rede: o Google. Esse recurso pode fazer uma diferença positiva nas suas vendas, mas você deve aprender a aproveitá-lo da maneira correta, para que não gaste desnecessariamente e consiga a visibilidade que pretende. Que tal saber algumas dicas para converter mais com essa ferramenta?

Direcione o usuário para onde for mais interessante

Uma conversão significa que o cliente fez uma ação vantajosa para sua empresa ou atividade, que pode ser uma compra ou, por exemplo, uma simples visita em seu website. A “conversão” acontece, porque a relação inicial com o cliente em potencial é transformada em negócio ou, pelo menos, em relacionamento mais estável. Então, é preciso saber como guiar as pessoas que clicam em seus anúncios do AdWords para as páginas certeiras, que vão gerar mais interesse naquele público especificamente.

Segmente sua campanha

Nunca se esqueça de levar em consideração seu público-alvo imediato. É possível separar o público que verá seus anúncios geograficamente, ou seja, você pode segmentar a campanha de acordo com a localidade de seus negócios, por exemplo, além de separá-las por temas e volume de buscas das palavras-chave (keywords).

Escolha bem as keywords

As palavras-chave são muito importantes para favorecer a conversão. Você deve escolhê-las de acordo com aquilo que têm para oferecer, ou seja, elas devem ter uma relação direta com a sua oferta. Mas cuidado: não peque pelo excesso. Selecione grupos pequenos de keywords, e aquelas que forem mais parecidas com o texto do anúncio. De preferência, procure utilizar no Google AdWords as palavras que estejam também no endereço (URL de destino) para onde a pessoa vai, ao clicar sobre o anúncio.

Verifique o desempenho das campanhas

Acompanhe o andamento de suas campanhas regularmente e com muita atenção. Esse é um dos diferenciais importantes para não se perder dinheiro à toa. A principal ferramenta para análise dos acessos em seu site – o Google Analytics – é gratuita e oferece diversos dados para que você possa mensurar com exatidão os termos usados na campanha. Administrando-se os resultados, é possível saber o que o cliente fez depois de clicar no seu anúncio – se houve a compra de um produto, se preencheu algum formulário ou enviou e-mail, e muito mais –, e descobrir quais palavras-chave e anúncios estão dando certo e quais oferecem baixas taxas de conversão.

Otimize suas campanhas

É essencial conferir o que está funcionando nas suas campanhas, a partir do controle realizado no Analytics ou em outra ferramenta de análise. Mas não seja afobado! Aguarde alguns dias para que se acumule uma quantidade razoável de cliques para fazer uma otimização que não seja precipitada. O tempo, aqui, vai variar de acordo com o tamanho de sua campanha: se ela for pequena, pelo menos 100 ou 200 acessos gerarão um bom histórico, o que deve demorar alguns dias, mas uma iniciativa maior deve chegar rapidamente a esse nível, talvez em poucas horas. Afinal, sua análise precisa, antes de começar, ter elementos para serem analisados, e assim conseguir aumentar o retorno de seu investimento.

Se você for criativo em seus anúncios, tiver uma boa estratégia para chamar os clientes e controlar seus acessos, com certeza terá sucesso em suas campanhas no Google AdWords.

Para saber mais sobre o BemDireto siga por aqui e confira como captar clientes reais e fazer parcerias rentáveis.

Comente aqui